quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Questões sobre o natal

Sempre amei o Natal, mas depois que me converti (virei crente radical rs) o Natal me foi apresentado de uma outra forma.

No seguimento evangélico, há muitas divergências, uns fazem coisas que outros não fazem, cada denominação trata alguns assuntos de maneira diferente.

Na denominação em que conheci o evangelho, não se comemora o Natal, nem se monta arvore de Natal.

Por que na verdade dia 25 de dezembro, não é o dia do nascimento de Jesus (acredita-se que tudo originou-se de uma festa pagã de origem babilônica Mais detalhes leia aqui).

E por ver desta forma, me negava a participar dessa festa tão consumista, que levam as pessoas a saírem que nem loucas, gastando o que não tem, para dar o que não podem dar, sem ao menos se lembrar do que realmente se trata o Natal.

jesus_natal

Nos primeiros anos da minha conversão, foi difícil seguir a risca o que eu acreditava, minha família sempre se reuni e troca presentes nesta data, mas até então eu era solteira e de alguma forma participava

E tentava faze-los lembrar o por que de estarmos reunidos ali, pedindo um momento de oração e agradecimentos, que Natal é para lembrar o nascimento do Salvador.

Então me casei, e meu maridinho sempre foi mais duro nesse quesito, quando o Natal se aproximava eu já ficava com dor de cabeça, pois era uma briga para que fossemos visitar a família dele e a minha, e participar de amigo secreto então… Ai que sufoco.

Mas sempre estávamos lá envolvidos, pois não tinha como a família se reunir e nós não estarmos presente, e mesmo assim sempre via minha mãe chateada as vezes que não participamos de amigo secreto.

Sempre no meu intimo, tentava entender o por que não celebrar o Natal, mesmo que Jesus não tenha nascido em dezembro, pois o mais provável é que tenha sido em setembro, e daí ?

Jesus nasceu em algum dia desses e não tem nenhuma outra data especifica que se celebre o verdadeiro dia.

O certo é celebrar todos os dias, e por que não nesse dia 25 de dezembro?

Onde as famílias se reúnem e mesmo que o ano todo não tenham celebrado um dia se quer a vinda do nosso Senhor, nesse dia pelo menos, todos sabem que é para celebrar e lembrar o nascimento de Jesus.

Nessa época as pessoas resolvem demonstrar o amor, e abençoar outras pessoas com presentes e doações, o que deveria ser feito o ano todo, mas se não é, pelo menos neste dia.

Pois então meus filhos cresceram e hoje tento pensar de uma forma diferente.

arvore_de_natal-5593Não montei arvore de Natal, mas talvez eu monte, antes me pegaria nos antigos ritos que significam, tanto que fui procurar de onde vem a origem da arvore, e há inúmeras teorias, algumas boas, outras ruins.

Enfim acho lindas as arvores de Natal, e para mim elas só representam a beleza da festa, uma decoração, uma lembrança da infância e nada mais!

Não me sinto obrigada, tipo fazer por tradição, mas se eu quiser montar, eu sou livre!

Os meus meninos acham lindas as arvores, acham o máximo as cores, os enfeites.

Seja em volta de uma arvore de Natal ou não, seja com ou sem presentes, pra mim o que importa é estar perto da minha familia, todos em harmonia e ter um momento de oração e agradecimento ao Nosso Senhor Jesus.

Nos lembrando sim da graça que o Senhor nos dá de sermos uma familia unida e feliz, e agradecendo ao Senhor por se tornar carne como nós e se entregado em sacrificio por amor a nós, para que pudessemos hoje ter vida em abundância.

 

Beijocas

5 comentários:

Amanda Zanqui disse...

Oi Pam! Penso igual a você, tenho a mesma opinião. Ultimamente tenho pensado por que não montar a árvore. Não que o natal signifique presentes na árvore de Natal, mas é gostoso celebrar o final do ano. E enfeitar a casa, as ruas, acho que fica legal pra celebrar o ano novo. E com certeza pra mim o Natal mesmo não é isso, o mundo tenta de todas as maneiras desviar a nossa atenção da vontade de Deus. Ficamos às vezes tão ocupados e saturados no final do ano que nos esquecemos do aniversariante, o Senhor Jesus Cristo. Ele é digno de toda honra por tudo que fez por nós! Beijocas

Luciana Klopper disse...

Pam, adorei seu post de natal, muito reflexivo...não frequento nenhuma igreja fervorosamente, mas gosto de ir nas evangélicas, tenho ido em uma muito boa perto da minha casa!

Môni Loureiro disse...

Como sempre concordo com vc!
Não tem noção do quanto me faz bem montar a árvore, quando entra novembro eu já estou aloprando para montar logo
=)
Beijos flor

Luciana Klopper disse...

tem selinho pra vc no blog

Elaine disse...

Pam,
Eu, sendo católica, concordo integralmente com seu post.
Sem mais nada a acrescentar. Concordância total rsrsrs
Beijos, querida.