segunda-feira, 5 de abril de 2010

Sendo Mãe a Saga : É muito amor!

Hoje acordei apaixonada pelos meus filhos.

Eu sou apaixonada por eles, mas tem dias que eles me estressam tanto, que tenho vontade de sair correndo rsrs.

Mas hoje sei lá, eles estão mais fofos rsrs.

O amor de mãe, é algo que só sentindo mesmo pra saber, é um amor que dói, que dá vontade de chorar de tanto amor.

Antes de ser mãe, achava estranho, a emoção das minhas irmãs e de uma amiga, que sempre que falavam nos filhos, seus olhos brilhavam e muitas vezes choravam.

E agora estou eu aqui, escrevendo este post, com um nozinho na garganta, só de escrever sobre o amor que sinto por eles.

A um tempinho atrás, teve uma cena na novela “Viver a Vida”, onde a Teresa, conversava com Isabel sobre a preferencia de filhos, Isabel se sente rejeitada e faz de tudo pra chamar a atenção.

E naquela época tentei buscar em mim uma preferencia.

Pois minha mãe, sempre teve uma preferencia diferente por nós (que somos em 3 irmãos), e ela sempre deixou isso bem claro, rsrs.

Meu irmão é o que ela tem mais preocupação, a minha irmã é a amiga dela, e eu? rsrs bom eu sou a caçulinha, a que ela menos se preocupa, mas sempre serei a caçulinha da mãe.

Não digo que o amor seja maior, por um ou por outro, mas  sim um pouco diferente.

nos 1

<- maio de 2008

É difícil explicar, mas eu também tenho minhas diferenças entre meus dois pequenos (ha louca eu! rsrs).

Os amo incondicionalmente, mas o Pedro desde bebezinho, sempre foi mais independente, até pelo fato de ter que me dividir com o irmão, o que não foi um sofrimento pra ele, pois ele nem entendia direito.

Já o Benjamim é mais manhoso, mais carinhoso, mais charmoso, ele sempre faz questão da minha presença, é mais agarrado em mim, durante o dia vem me beijar e dizer que me ama por diversas vezes.

O Pedro já é mais na dele, eu que tenho que ir abraça-lo e beija-lo, e as vezes ele faz charminho que não quer, ele meio turrão, não da o braço a torcer rsrs.

Cada um tem seu jeitinho e os amo da mesma forma.

Cada coisa nova que eles aprendem, cada palavra, frase, eu me derreto toda.

" Um amor mais forte que tudo, mais obstante que tudo, mais duradouro que tudo, é somente o amor de mãe."
(Autor: Paul Raynal)

Um dia abençoado

Beijocas

Ps: Marido já voltou ao trabalho, agora o blog volta a ativa!vai ter  muita coisa por aqui! eeee.

 

10 comentários:

Luciana Klopper disse...

Só em ler seu post meu coração ficou pequeno, rrsrsr é tanto amor!

Dany disse...

Amei a primeira frase do post: Hoje acordei apaixonada pelos meus filhos.

Tem dias que realmente a gente acorda desse jeitinho...

Amanda disse...

Oi Pam,pensei q esta fase de mãe boba era só coisa de grávida q acabou de fazer um blog para falar de seus sentimentos hehehe.... é amiga... fiz um blog para falar de minha gravidez, li seu post de hj e tb fiquei com o coração apertadinho, mas de felicidade!!!
Queria aproveitar para perguntar se posso postar seu texto no meu blog... lá vai ter alguns textos de mamães virtuais q tanto me inspiram, queria começar com o seu....pode?
Bjs
o Blog é novo: http://amanda-mamedeprimeiraviagem.blogspot.com/

Bjs

Beta disse...

To louca para ter os meus tb!!!

bj

Tatiane Garcia disse...

q lindo, começar a semana com uma declaração de amor assim!
amor de mãe é incondicional né Pam...mãe é mãe até de baixo da água!
Bjas linda!!!

xanó disse...

Olá amiga

Que bonitas palavras , e tem razão os nossos filhotes , são a melhor coisa , e seus filhotes são lindos.
beijocas da Xanó

Thá disse...

peraí..

mas qual é o pedro e qual é o benjamim??

eles são tão iguais.. rs rs

tão fofos, tão lindos.

eu também amo muito. todos vocês.

beijos.

*Leka* disse...

Oi pam, respondi seu e-mail hj, e já estou te seguindo no blog, qualquer coisa me escreve bjssss

Neli Rodrigues disse...

Sabe, antes de ser mãe nunca fui mto apegada a crianças.

Mas c/ meus filhos sou mto babona,rsrsrs. Mas procuro não ser SUPER protetora.
Mas,lá no fundo, se eu pudesse os colocaria numa redoma de vidro p/ nunca sofrerem c/ as decepções da vida.

Meu mais velho, o Gabriel(9 anos), já gosta mais de carinho do que a Yasmin (3 anos), ela é que é mais independente, mandona, sabe tudo. É incrível como eles já nascem c/ sua própria personalidade e cabe aa nós, pais, ir moldando da melhor maneira possível, né?

Vamos curtir mto nossos filhos, cada momento, cada palavra ou sorriso, tá o encanto da vida.

Bjs♥

Tatiane Garcia disse...

Pam, dediquei um meme pra vc lá no Sopa!!! vc como mae me inspira total!!!!
Beija