sábado, 15 de agosto de 2009

O dia da impaciência...

Por favor não me entendam mal, eu amo meus filhos demais, mas tem dias, como o de hoje que eu queria sumir.
Sabe aquele dia que da vontade de sair gritando, rsrsrs, ai eu me lembro dos tempos de menina, que eu não era obrigada a fazer nada, só cuidar de mim mesma.
De Pam
Tudo começou na madrugada passada, foi uma noite daquelas, o Benjamim, quando fica muito agitado durante o dia, não dorme direito a noite, ele chorava de cada meia hora e não sabia dizer o que era, eu levava ele pra minha cama, ele ficava um pouquinho e pedia pra ir pro berço, eu colocava ele no berço e ele começava a chorar, faz tempo que eu não passava uma noite assim, e quando foi 8 horas da manhã ele já tava acordado, ninguém merece rsrsrs.
Meu marido chegou pela manhã do trabalho, irritadíssimo, não podia nem olhar pra ele que ele rosnava rsrsrsrs, e eu tendo que aguentar tudo isso firme e forte.
Eu acordei completamente descabelada, lavei os cabelos ontem e não fiz chapinha, vocês não tem noção do que é um cabelo ruim descolorido kkkkk, parecia bombril rsrsrs acho que por isso que o meu marido ficou mais irritado, chegar em casa e ver a mulher completamente descabelada não deve ser fácil kkkkkk, fui correndo dar um jeito na JUBA, antes que assustasse as crianças.
E para completar, meu filho mais velho, o Pedro, faziam cinco dias que não evacuava, coloquei até supositório e não adiantou, que dó vê-lo chorando, mas o problema maior e que ele só quer comer besteira, culpa minha né, eu não insistia quando ele era menor com as frutas tipo mamão, e verduras que ajudam no intestino, ele recusava e eu desistia, agora aguenta.
Tenho colocado linhaça triturada na comida, dou Yakult, comecei a dar activia ,pra ver se ajuda, bom no final do dia, graças a Deus, ele conseguiu fazer na fralda, gente que fedor era aquele, pegar coco na fralda é a treva rsrsrsrs, fazia tempo que meu estômago não embrulhava assim rsrsrs.
Um conselho que eu dou as minhas seguidoras, Dani que está grávida e a Marcia que tem baby novinho, insista com as frutas, suco de frutas e verduras, por que mais tarde eles já vão ter o hábito, e ai fica mais fácil.
Por que agora a noite fui tentar fazê-los comer uma saladinha de frutas, ele fizeram junto comigo super animados, coloquei um pouco de açúcar e ficou uma delicia, coloquei na boca do Pedro, ele nem mastigou, já começou a ter ânsia de vomito e a dizer que não gostava e resultado o Benjamim correu rsrsrs, gente que nervoso que eu passei, que vontade de AHHHHHHHHHH.kkkkkkk
De Pam
Acho que não sou uma boa mãe.
Será que alguém é como eu?
Graças a Deus amanhã é um novo dia...
Beijocas

2 comentários:

patricia disse...

OI PAM EU SOU ASSIM COMO VC,E NÃO SOMOS MÁS MÃE NÃO EU TB PENSAVA ASSIM COMO VC,HJ JÁ NÃO PENSO ASSIM,SOMOS SERES HUMANOS E CANSAMOS AFINAL CUIDAR DE FILHOS DE CASA DE MARIDO....UFFAAAAAAA NÃO É FACIL NÃO SOMOS MÁQUINAS SOMOS APENAS MULHERES E GRANDES MÃES Q AMAMOS MUITO OS NOSSOS FILHOS.
EU TB TEM DIAS Q NEM EU ME AGUENTO AS VEZES DA REALMENTE VONTADE DE SAIR CORRENDO AINDA MAIS QUANDO ESTOU DE TPM Q NÃO É NADA FACIL AINDA TEMOS ISSO É MUITA COISA PRA MULHER E TEMOS Q ESTAR SEMP´RE FIRMES E FORTES,MESMO DOENTINHAS TEMOS Q ESTAR EM PÉ PRA CUIDAR DA NOSSA FAMILIA.
POR ISSO EU FALO SOMOS GUERREIRAS O QUAL O SENHOR CONFIOU EM NOSSAS MÃOS CUIDAR DE VIDAS Q SÃO MUITO PRECIOSAS PARA NÓS,NÃO É VERDADE?
AGRADEÇO A DEUS TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA POR TER A FAMILIA Q EU TENHO,APESAR Q A MINHA VIDA É ESTAR SEMPRE LEVANDO A BABI EM MÉDICOS MAS EM NOME DE JESUS ELA JÁ É CURADA,NOITES EM CLARO Q PERDEMOS COM FILHOS DOENTES ISSO TD FAZ COM Q PERDEMOS A PACIENCIA AS VEZES,AFINAL SOMOS DE CARNE E OSSO E COMO EU DISSE NÃO SOMOS MÁQUINAS,O UNICO PERFEITO MORREU NA CRUZ POR NÓS.
O Q TEMOS Q FAZER É PEDDIR A DEUS PARA Q TENHAMOS PACIENCIA PARA CUIDAR DAS NOSSAS JÓIAS Q DEUS CONFIOU EM NOSAS MÃOS***

Marcia Moreira disse...

Tbm sinto as vezes que não sou tão boa mãe qto penso que sou... principalmente qdo eles ficam doentinhos... dá um peso na consciência, fico pensando onde foi que errei e o que eu podia ter feito para que tal coisa não acontecesse.
Mas graças a Deus, nada como um dia após o outro... somos tão falhos, né? Se não é Deus nas nossas vidas... concordo plenamente com as palavras da colega Patricia.