terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Como vai você? Como anda sua saúde?

A muito tempo estou para falar sobre esse assunto, mas só hoje consegui sentar e pesquisar sobre ele, para trazer um post mais bem informado.

Nós meninas mulheres, trabalhadoras, donas de casa, mães, esposas e etc, esquecemos de nós mesmas, pensamos mais em quem depende de nós, e isso é um grande erro.

Se não estivermos bem, como podemos cuidar de quem tanto depende da gente.

Vi uma entrevista da Gisele Bündchen, que ela falava sobre a experiência da maternidade, e de como ela ficou ainda mais preocupada em estar bem, em se cuidar para poder cuidar do filho dela.

Mas nem sempre é assim.

Eu sou uma que confesso, relaxei sim com minha saúde durante um tempo, até por que sempre fui saudável, nunca havia tido nenhum problema de saúde até então.

Depois de ter feito duas cesáreas, comecei a fazer exames anualmente e nunca dava nada.

Até que no fim de 2008, apareceu uma alteração em alguns exames de rotina, repeti os exames e foi constatado uma alteração, no exame de TSH (hormônio estimulador da tireóide).

Meu médico ginecologista então me encaminhou para uma endocrinologista, até então não tinha nem idéia do que isso era.

Fui na endocrinologista, e descobri que estava com hipotireoidismo. Ahn? o que é isso?

A algum tempo eu sentia muito sono, indisposição, mau humor, meu cabelo estava caindo muito, e esses são alguns do sintomas do hipotireoidismo.

Pesquisei em um site muito confiável e o que explica melhor.

                                  ********

                                       Hipotireoidismo


A tireóide é uma glândula endócrina importantíssima para o funcionamento harmônico do organismo.

Os hormônios liberados por ela, T4 (tiroxina) e T3 (triiodotironina) estimulam o metabolismo, isto é, o conjunto de reações necessárias para assegurar todos os processos bioquímicos do organismo.

Os principais distúrbios da tireóide são o hipotireoidismo (baixa ou nenhuma produção de hormônios) e o hipertireoidismo (produção excessiva de hormônios), doenças que incidem mais nas mulheres do que nos homens.


Sintomas

a)Hipotireoidismo

·Cansaço 
·Depressão
·Adinamia (falta de iniciativa)
·Pele seca e fria
·Prisão de ventre
·Diminuição da freqüência cardíaca
·Decréscimo da atividade cerebral
·Voz mais grossa como a de um disco em baixa rotação
·Mixedema (inchaço duro)
·Diminuição do apetite
·Sonolência
·Reflexos mais vagarosos
·Intolerância ao frio
·Alterações menstruais e na potência e libido dos homens.

Causas


a)Hipotireoidismo

·Tireoidite de Hashimoto, uma doença auto-imune que provoca a redução gradativa da glândula;
·Falta ou excesso de iodo na dieta.

                                                     ******

E tem também o hipertireoidismo, que é o oposto da Hipo:

 

Sintomas

b) Hipertireoidismo


·Hiperativação do metabolismo
·Nervosismo e irritação
·Insônia
·Aumento da freqüência cardíaca
·Intolerância ao calor
·Sudorese abundante
·Taquicardia
·Perda de peso resultante da queima de músculos e proteínas
·Tremores
·Olhos saltados
·Bócio
·Comprometimento da capacidade de tomar decisões equilibradas

 

Causas

b)Hipertireoidismo


·Doença de Graves, doença hereditária que se caracteriza pela presença de um anticorpo no sangue que estimula a produção excessiva dos hormônios tireoidianos;
·Bócio com nódulos que produzem hormônios tireoidianos sem a interferência do TSH, hormônio produzido pela hipófise.

 

Diagnóstico


O diagnóstico pode ser feito pela dosagem do hormônio TSH produzido pela hipófise e dos hormônios T3 e T4 produzidos pela tireóide.

Níveis elevados deTSH e baixos dos hormônios da tireóide caracterizam o hipotireoidismo.

TSH baixo e alta dosagem de hormônios da tireóide caracterizam o hipertireoidismo.

 
Recomendações


·Não se assuste com a idéia de epidemia de problemas na tireóide. Avanço nas técnicas de diagnóstico explica o aumento do número de casos;

·A ingestão regular do iodo contido no sal de cozinha evita a formação de bócio;

·A dosagem do TSH deve ser medida depois dos 40 anos com regularidade;

·Hormônios tireoidianos não devem ser tomados nos regimes para emagrecer (produzem maior queima dos músculos do que de gordura);

·Procure adotar uma dieta alimentar equilibrada. É engano imaginar que o hipotireoidismo seja fator responsável pelo ganho de peso, porque as pessoas costumam ter menos fome quando estão com menor produção dos hormônios tireoidianos;

·Atividade física regular é indicada nos casos de hipotireoidismo, mas contra-indicada para pacientes com hipertireoidismo;

·Fumar é desaconselhável nos dois casos;

·Não minimize o mau funcionamento da tireóide. Discuta com o médico a melhor forma de tratamento para seu caso e siga suas orientações.

 
Tratamento


Em ambos os casos o tratamento deve ser introduzido assim que o problema é diagnosticado e depende da avaliação das causas da doença em cada paciente.

  • No hipotireoidismo, deve começar de preferência na fase subclínica com a reposição do hormônio tireoxina que a tireóide deixou de fabricar.

Como dificilmente a doença regride, ele deve ser tomado por toda a vida, mas os resultados são muito bons.

  • No hipertireoidismo, o tratamento pode incluir medicamentos, iodo radioativo e cirurgia e depende das características e causas da doença.

Deve começar logo e ser prescrito principalmente na 3ª idade a fim de evitar a ocorrência de arritmias cardíacas, hipertensão, fibrilação, infarto e osteoporose.

                             ********

Quando descobri que teria que tomar o remédio para o resto da vida, fiquei chateada, e ainda não aceito isso.

Mas graças a Deus tem um tratamento, até chegar na porcentagem de hormonio que devo tomar demorou algum tempo, foram exames de 3 em 3 meses até acertar.

Tomei primeiro o de 25 mg, e quase não adiantou em nada, depois fui para o de 50 mg, ai eu passei de hipo para hipertireoidismo.

Agora estou com 38mg, ainda não fiz outro exame para ver se normalizou, mas já senti realmente muita diferença.

Depois que comecei o tratamento me sinto muito melhor, muito mais disposta, a sonolência se foi, o cabelo parou de cair.

Além dos exames de TSH e T4 que fiz varias vezes, também fiz uma ultra-sonografia da glândula tireóide, para ver se ela tinha alterado também fisicamente, graças a Deus não, ela continua do mesmo jeito, só não funciona com deveria rs rs.

E resolvi falar sobre esse assunto agora, pois a uma semana não tomo o remédio, pois está em falta, e alguns sintomas já voltaram, por isso é tão importante o tratamento.

E conheço algumas blogueiras que descobriram que tem hipo. também, a Claudinha do feito a Mão, a Pri do pri em forma e quem acha que tá é a Ellen do Devaneios de mãe!

Isso quer dizer, que é comum,  muitas vezes as pessoas tem esses sintomas e não vão atrás pra saber o que é!

Então fica ai um post imenso, mas com muita informação, e um alerta, para as meninas mulheres que lêem este post.

Bora gente fazer um check-up.

Bora se cuidar pra ter bastante saúde e disposição pra cuidar de quem tanto depende da gente.

Fiquem em Paz.

Beijocas

E lembrem-se Deus fez os médicos para serem benção na nossa vida – pense nisso.

 

Agora eu que vou correr pra pegar meu Pedrinho na escola! 

 

Atualizando : informação tirada DAQUI

4 comentários:

Somente mil idéias disse...

Oi Pam, tudo bem por aí?
Primeiro quero agradecer tuas visitas e comentários no meu blog.
Está coisa de hipotireoidismo é coisa de louco sabia, eu tenho todos esses sintomas mas meus exames estão sempre normais.Não quero de algum modo ter nada mas é estranho não é?(é somente um desabafo, rs.)
Antes de mais nada agradecer por ter médicos e medicações para o problema em questão é um privilégio.Conte com a experiência divina sempre e não esqueça "que é se cuidando que aprendemos a ser melhores do que já somos".Beijoca de luz e paz no coração!!!!

Tatiane Garcia disse...

Oi Pam...tem q se cuidar mesmo...já reparou como nossa geração tem problemas mais cedo do que no tempo de nossas avós? essa correria louca nos traz consequencias...eu fui a endócrino tb e saí de lá com uma lista imensa de exames...acho que vou ter que colher 5 litros de sangue pra dar conta!!!
Bjas

Olavo disse...

Um belo texto informativo.
Bjs

Dany disse...

Acho que tenho Hipotireoidismo. rs
Todos os sintomas se aplicam à mim. Aff... Preciso me cuidar mais. Confesso que sou mt relaxada com a saúde.