segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Mãe: - Filho O Papai Noel não existe! Filho: - EXISTE SIM MÂE!

- Não mãe, você ta brincando? Papai Noel é aquele que vimos no shopping, ele existe você viu!.

Foi assim que ele me respondeu, depois de sempre falar que Papai Noel não existe, ele não acredita em mim rsrsrs.

Vocês devem me achar maluca, mas eu nunca incentivei o Pedro nem o Benjamim a acreditar em Papai Noel, sempre disse que o Papai Noel era o Papai dele, e que é o papai quem compra o presente de natal.

Mas depois de assistir alguns desenhos sobre Natal e Papai Noel, ele ( Pedro, o Benjamim ainda não sabe se acredita ou não, só vai na onda do Pedro ) resolveu acreditar, e nem que eu diga que Papai Noel não existe, ele não acredita em mim.

Ainda mais depois que vimos um Papai Noel no Shopping ( com cara de doente coitado ), e o bonito ainda deu tchauzinho pros meninos, eles ficaram se achando.

Eu tinha um conceito sobre Natal, antes de meus filhos crescerem ( pra entender um pouquinho melhor leia AQUI ).non

Agora quanto ao papai noel, eu trato de maneira diferente, eu não os faço acreditar e nem nunca disse nada sobre que se não se comportar o papai noel não trás presente.

Trato da seguinte forma:

- Filhos papai noel não existe, aquele velhinho é só um velhinho vestido de vermelho, isso é só uma história que inventaram para que as crianças fiquem boazinhas, e se inspiraram num velhinho que dava presente para algumas crianças no natal.

Na verdade quem dá presente no natal é o papai de vocês, e vocês tem que pedir para que o Senhor Jesus dê bastante saúde pro papai, e que conserve o emprego do papai, para que ele possa comprar o brinquedo que vocês querem, isso se vocês merecerem, sendo obedientes, educados, etc. e se o papai tiver dinheiro para comprar.

Na minha opinião, contar que papai noel existe, que ele traz presentes para as crianças que são boazinhas o ano todo, não é legal. Talvez vocês vão dizer que criança precisa ter fantasias, acreditar no lúdico, precisa ter seu mundo de sonhos, até um ponto concordo, criança precisa sim sonhar, viajar nas fantasias, mas sabendo que é fantasia.

Ontem mesmo conversei muito com o Pedro, e tentei fazer com que ele entendesse o verdadeiro sentido do Natal, que na verdade é uma celebração do nascimento do nosso Salvador.

Ele ainda é muito pequeno, tem 4 anos, e vi que não posso fazer com que ele acredite, o que vou fazer é contar a verdade sempre, não quero mentir sobre papai noel, pois já vi algumas crianças ficarem muito chateadas quando descobrem que papai noel não existe.

E não concordo com o fato de mentir para a criança, pois não acho certo, pelo o que acredito e o que aprendi, não existe mentirinha, mentira é mentira, e eu que exijo tanto que ele seja sempre verdadeiro, não admito, á mim mesma, mentir para ele.

Mateus 5:37
Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.

Quando conversava com ele, percebi que diversas vezes ele me interrompia e dizia que papai noel morava no pólo norte, e tem renas que voam e duendes ajudantes.

Então entendi que ele quer acreditar, e não importa o que eu diga rsrs, mas eu sempre vou dizer a ele a verdade, a hora que ele quiser ele vai acreditar.

E vocês oque acham sobre o assunto? essa é a minha maneira de pensar, e a sua?

Beijocas

12 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi.
Não se assuste, já percebi que existem alguns blogs muito parecidos com o meu, ainda bem que estou no ar desde 2006 - tem um que chega a ser discaradamente igual inclusive no corpo de letra (até o layout é igual...falta de criatividade é um problema).Infelizmente, no momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre e que os bons ventos sopre, sempre a seu favor.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

Luciana Klopper disse...

Eu achava lindo Júlia acreditar em
Papai Noel, fazer cartinha e tudo mais, acho que pq eu nunca tive a oportunidade de acreditar, e isso fazia ela ser meu bebêzinho..até que ela deixou de acreditar pois um coleguinha maior que ela contou a verdade...essa mesma conversa que vc teve...eu fiquei um pouco decepcionada!!

bjs

Beta disse...

Concordo com você.
Até porque o sentido do natal se perdeu. Hoje para as crianças é o papai noel e presentes. Não o nascimento de Cristo...
Pena.

Bj
Beta

Nathália (Ná) disse...

Pam...Menina sempre que venho aqui, acabo dando um nó nos pensamentos, cada assunto complexo, mas gosto da sua opinião sobre as coisas e gosto de deixar a minha (isso é o que mais gosto no seu blog...a troca de opiniões).

Pam lá em casa tipo assim (há quatro anos atrás a Bella acreditava em Papai Noel e o Dú, não sabia nem em que planeta estava...rsrsrs), hoje a Bella entra na onda do Papai Noel por causa do Dú, mas já sabe que o "velhinho" não existe. Eu acho errado mentir para crianças (como você disse - mentira é mentira, não importa o tamanho), mas nesse caso, nunca pensei como mentira, mas como uma ilusão, tudo bem que está próximo da mentira, mas não é. Há 11 anos atrás eu tinha uma bebê em casa, e durante alguns anos fui fantasiando junto com ela a ilusão do Papai Noel, o mais gostoso era ver a carinha dela pensando no que escrever na cartinha que ela iria colocar embaixo da árvore (eu ia á noite e pegava), alguns anos depois ela já começou a perceber que Papai Noel não existia, e quando ela me perguntou eu falei a verdade, agora é a vez do Dú e deixo ele acreditar, porque eles crescem tão rápido e irão ter tantas coisas sérias para se preocupar...então deixo meus pequenos acreditarem em sonhos agora, enquanto são pequenininhos.

Môni Loureiro disse...

Ai amiga! Não seja tão radical com teus pequenos, deixa eles acreditarem na fantasia, você continua a falando a verdade à eles, mas não os obrigue à acreditar na verdade porque com certeza vai chegar o dia em que eles vão ver a barba de mentira ou qualquer outra coisa e cair em si.
Sei disso por mim, acreditava no papai noel no coelhinho da páscoa, buscava meu presentinho embaixo da árvore, procurava meus chocolates pela casa e isso é uma lembrança linda da minha infância nem por isso cresci uma adulta despreparada para a realidade ou fiquei traumatizada ao descobrir a fantasia...
Sonhar é tão bom =)
Beijos amiga

Sara Neves - Blog Normal, mas nem tanto... disse...

Oi, Pam querida!


Interessante o seu ponto de vista..


Nunca conversei com minha filha sobre Papai Noel. Ela acredita! E sempre achei legal ela ter essa fantasia...
Mas ela o tem como uma fantasia mesmo, não como real.

Mas essa fantasia faz com que as pessoas não liguem para o verdadeiro significado do Natal..

Beijão!

Lidia Ferreira disse...

Olha minha amiga , eu acredito que as crianças da minha geração que tiveram essa emoção de acreditar em contos de fadas cresceram mais felizes , mais humanas.
E assim como fui criada , criei meus filhos a acreditarem em papai noel, coelho da páscoa etc sempre li livros de historias , e hoje meus filhos falam que irão fazer isso com os filhos dele. acho que toda criança tem esse direito a fantasia
mas e claro minha amiga o que foi bom para mim pode não ser para vc , então siga seu coração , pq coração de mãe não se engana rsrsr
bjs

Lidia Ferreira disse...

Minha querida eu ja recebi esse selinho , então vou pega-lo e guarda-lo e posta-lo mais tarde
bjs
obrigada pelo carinho e pela lembrança

Tathyana disse...

Oi Flor. Eu penso diferente de vc. Alice AMA o Natal e o Papai Noel, eu não teria nem chance de dizer o contrário pra ela. A questão não é mentir pra criança e sim estimular a fantasia natural que existe nessa fase da vida. Deixa seu filho fantasiar, sonhar com Papai Noel. Faz parte do amadurecimento dele, do processo criativo, de desenvolver papéis. Depois ele vai viver uma outra fase e com mais recursos próprios pra poder compreender o mundo dos adultos.

Bjsssssssssss

Dany disse...

Pam,

Eu tenho uma visão um pouco mais romantizada da situação. Acho que criança precisa acreditar em Papai Noel sim, acho bonito, doce e, com o tempo, eles mesmos sacam que ñ existe. Caio, por exemplo, já ñ acredita mais, para a minha tristeza...rs

Bouchardet Bijou disse...

Pam, tudo bem?

Vim te convidar para ir ao meu blog.
Coloquei muitas novidades, você vai gostar!
Beijos

RAQUEL BOUCHARDET

Katita disse...

Sei q to um pouco atrasada mas nunca tenho tempo de entrar na net pra fazer isso. Concordo com muitas coisas Pam, mas vamos pensar numa coisa se vc sabe q a fantasia é fantasia ela deixa de ser, certo? Acreditar em Papai Noel ou incentivar a acreditar, não é ruim, ao cont´rario faz bem, e la no fundo todas as crianças sabem a verdade, só q ngm, ngm nesse mundo vive sem sonhos e fantasias, Papai Noel traz algo do consumismo pro Natal, e por causa disso muitas pessoas esquecem do verdadeiro sentido, sim, algumas vezes mas se vc souber colocar da maneira certa o PApai Noel até ajuda a explicar pras crianças o verdadeiro espírito do Natal...Não faça seus filhosperdferm a melhor parte da infância que é o mundo das fantasias, pq vc teve esse mundo e se tornou uma mulher boa e íntegra, o q só comprova de que fantasias e sonhos só fazem bem, pensa nisso...Bjos